INSCRIÇÕES PARA O FIES 2019 →【SAIBA COMO FAZER】

Muitas vezes, há muitos cursos de excelente qualidade, mas que só são ofertados por instituições privadas de ensino superior, não é mesmo? Se esse é o seu caso, não perca de fazer a inscrições para o FIES 2019 para cursar a graduação desejada.

O FIES 2019 é um financiamento voltado para estudantes que pretendem cursar uma graduação no ensino privado, no entanto, que não possuem condições financeiras para paga-lo no momento.

Há diferentes modalidades do FIES e cada modalidade é uma taxa de juros diferente que varia de acordo com o banco que irá financiar a graduação e com a região que o candidato reside. Vejamos a seguir, como  se inscrever no fies 2019 , para quem ele é destinado e como os candidatos podem se inscrever no programa.

O que é o FIES 2019?

O FIES é uma sigla para Financiamento Estudantil e tem como objetivo, financiar todo ou parte de uma graduação no ensino superior privado. Não é possível conseguir esse financiamento com outra finalidade que não seja para o estudo.

Ao ser aprovado, o candidato utiliza o FIES em duas fases, sendo elas:

INSCRIÇÕES PARA O SISU 2019


Fase 1 – Essa fase é a de utilização, em que o estudante precisa pagar o valor referente ao financiamento mensalmente. Esse valor é um valor fixo, firmado em contrato com a instituição financiadora.


Fase 2 – Essa é a fase da carência e da amortização. A partir desse ano de 2018, não é possível atribuir um período de carência para o aluno. Portanto, ao terminar a graduação, o aluno já dá início no processo de amortização do financiamento.


Para realizar o cálculo do financiamento do FIES, é necessário levar em conta a renda familiar bruta do candidato e qual é o valor/porcentagem dessa renda que pode ser comprometida mensalmente para o pagamento do financiamento.

Há três tipos de modalidades do FIES 2019 inscrições:


Modalidade I: as vagas ofertadas aos estudantes são a zero (0) de juros, para isso, o candidato precisa possui até três salários mínimos como renda familiar.


Modalidade II: essa modalidade varia a taxa de acordo com o banco de financiamento, e é destinado aos estudantes de até cinco salários mínimos moradores das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste do país.


Modalidade III: essa modalidade é semelhante à modalidade II, destinada aos estudantes com até cinco salários mínimos como renda familiar, contudo, é destinada para todas as regiões do país, exceto ao Centro-Oeste, Norte e Nordeste. As taxas também irão variar de acordo com o banco financiador.


Quem pode fazer as Inscrições para o FIES?


01. Se você se identifica com esse tipo de programa de financiamento, você precisa ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM e ter obtido, pelo menos, 450 pontos como uma nota mínima, além de não ter tirado zero na redação.


02. Além disso, o curso escolhido pelo candidato precisa possuir uma boa nota avaliada pelo Ministério da Educação – MEC. Não é possível a candidatura de graduados (pessoas que já cursaram o ensino superior).


03. Estudantes que já possuem uma bolsa do ProUni também podem se candidatar ao FIES, assim, o candidato possui uma bolsa parcial, concedida pelo ProUni e a outra metade da mensalidade fica financiada pelo FIES.


Inscrições para o FIES 2019

Se o Financiamento Estudantil é favorável para você, você precisa ter participado da última edição do ENEM e fazer a inscrição direto pelo site.

As inscrições do FIES 2019 abrem duas vezes ao ano, no início de cada semestre letivo. As inscrições são feitas, inicialmente, pelo site do FIES. Após isso, você passa por quatro etapas de inscrição, que são:

INSCRIÇÕES PARA O SISU 2019

  • Preenchimento de dados pessoais;
  • Confirmação dos dados preenchidos;
  • Validação das informações na CPSA – Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento;
  • Contratação do financiamento no banco destinado.

Após esses procedimentos, o candidato escolhe a vaga desejada e aguarda o cálculo da nota de corte, para saber se será selecionado para o financiamento. Conforme a nota de cálculo varia, o candidato pode mudar a sua opção de curso, até encontrar um compatível com o seu perfil, ou até encerrarem-se as inscrições.

Caso o estudante seja selecionado para realizar o Financiamento Estudantil, ele saberá através de uma chamada única que é o resultado final contendo todos os nomes contemplados.

Caso o participante não seja contemplado, não precisa de pânico. Afinal, o FIES conta com um sistema de lista de espera, onde contemplados do financiamento, desistem da vaga ou não se enquadram em algum dos requisitos.

Assim, após o termino do financiamento de todos os contemplados, é divulgada a lista de espera com novos nomes para realizar o seu financiamento. Após o candidato passar pela validação do financiamento, é hora de realiza-lo para estudar.

O próprio financiamento já indica em qual modalidade o candidato ficou colocado, e é direcionado diretamente para o banco de financiamento. Ao chegar no banco, o candidato deve possuir em mãos:


(1) O DRI – documento de Regularidade de Inscrição Fies – emitido pelo CPSA no site do FIES;


(2) Termo de Concessão do usufruto da bolsa parcial do ProUni (se for o caso);


(3) Documento de identificação;


(4) CPF – Cadastro de Pessoa Física – (ou o CPF do tutor legal, para menores de 18 anos);


(5) Certidão de casamento (se for casado);


(6) Comprovante de residência.


Depois de tudo encaminhando, é só começar a estudar no ensino superior que você tanto deseja, e pagar uma taxa mínima por mês até concluir os seus estudos. Porém, caso tenha dúvidas sobre as inscrições para o FIES 2019 é só deixar um comentário logo abaixo. Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *